Hospital municipal do Luau será concluído e entregue ainda este ano


O presidente do MPLA, João Lourenço, afirmou, no acto político de massas do dia 11 de Junho, na cidade do Luena, província do Moxico, que o Hospital Municipal do Luau será concluído e entregue ainda este ano.

Por: Clementina Kuditemo

O presidente do maior partido de Angola, disse que o Estado tem a responsabilidade de olhar e cuidar das infra-estruturas do país, desde as de energia, água, estradas, pontes, caminhos de ferro, transporte, bem como de saúde, educação e ensino superior. 

“Há relativamente pouco tempo(…), por uma calamidade natural, perdemos o hospital Municipal do Luau, e a exemplo do que fizemos em relação ao Hospital de Ondjiva, que teve um incêndio e numa questão de minutos perdemos aquele hospital, começámos, de imediato, a construir um outro hospital”, afirmou João Lourenço. 

Acrescentando que Ondjiva irá ter um novo hospital para substituir o que foi destruído pelas chamas. 

Quanto ao Hospital Municipal do Luau, apontou que foi iniciado, imediatamente, a reconstrução do hospital, com a ampliação e sua modernização. 

Segundo o número um (1) da lista de deputados do partido dos Camaradas, quando entregarem o Hospital Municipal do Luau às populações, ele vai ser maior e muito melhor equipado, com uma capacidade maior de resolver os problemas da saúde do povo daquele município. 

João Lourenço lembrou que aos militantes que já não é novidade para ninguém que o país terá eleições no dia 24 de Agosto deste ano. 

Este acto, fez saber, representa um passo importante na história do país, em cumprimento da Constituição que estabelece que, em cada cinco anos, o país deve dar aos cidadãos, aos eleitores, a oportunidade de serem eles a decidir quem os deve governar nos cinco anos seguintes. 

O Presidente do MPLA pediu aos militantes que fizessem o voto certo nas próximas eleições, pois o país terá uma vice-presidente da República que vem do mundo da ciência e que vai falar com os homens desta área, de igual para igual, estando mais à vontade do que ele, Presidente da República.  

Salientou que recentemente, na cidade, do Luena, foi inaugurada a Centralidade Heróis de Camgamba. 

Revelou que a Centralidade Heróis de Camgamba, também ganhou um Centro de Saúde, com capacidade de trinta e duas (32) camas, distribuídas em doze (12) para pediatria, onze (11) para medicina e nove (9) para maternidade.



Source link

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.