Benfica inicia trabalhos com grupo alargado a reforços e muita formação

Benfica inicia trabalhos com grupo alargado a reforços e muita formação

[ad_1]


Com os `trabalhos` de avaliação clínica aos jogadores divididos entre o período de manhã e a tarde, na primeira fase foram 14 os jogadores sujeitos à bateria de exames, e já de tarde a mesma prática para mais 15 futebolistas.


O dia começou com algumas das caras mais conhecidas, num grupo com João Mário, Pizzi, Gilberto, André Almeida, Rafa, Gil Dias, Grimaldo, Diogo Gonçalves, Chiquinho, Meïte, Weigl, Rodrigo Pinho e Lucas Veríssimo, além do guarda-redes Samuel Soares.


Entre os primeiros 14, esteve o lateral direito brasileiro Gilberto, que disse hoje acreditar ser uma “nova era” para o Benfica.


“Como eu já disse, é uma nova era aqui no Benfica. Temos a expectativa de sempre entrar em campo para lutarmos por tudo o que disputarmos, sempre respeitando o adversário, mas vamos estar preparados, principalmente, para o primeiro combate que temos na Champions [terceira pré-eliminatória]”, disse o defesa, em declarações aos canais do clube.


Já de tarde foi a vez dos reforços Alexander Bah (ex-Slávia Praga), Mihailo Ristic (ex-Montpellier), David Neres (ex-Shakhtar Donetsk) e Petar Musa (ex-Slávia Praga, mas que esteve cedido ao Boavista em 2021/22), num grupo com muitos jovens da formação.


Henrique Araújo, Tiago Gouveia, Paulo Bernardo, Florentino, António Silva, Tomás Araújo, André Gomes, Martim Neto, Morato e Diego Moreira realizaram os exames da parte da tarde, bem como o guarda-redes Helton Leite.


Tal como Samuel Soares, Paulo Bernardo ou Henrique Aráujo, também Gonçalo Ramos esteve nos jogos dos sub-21, mas, ao contrário daqueles, não consta da lista dos que realizaram hoje exames, numa altura em que a imprensa tem avançado que o jogador pode estar de saída.


No plantel `encarnado` são ainda muitas as indefinições, não só em relação aos jogadores da formação que se podem fixar no plantel principal, mas também em relação àqueles com que o treinador Roger Schmidt não contará.


Entre os que estiveram cedidos na última época, Ferro (ex-Hajduk Split) não esteve neste arranque, ao contrário de Florentino (ex-Getafe) e Pizzi (ex-Basaksehir).


Ainda de fora, está o argentino Enzo Fernandéz, sobre quem o Benfica informou na quinta-feira existir um princípio de acordo com o River Plate, de 10 milhões de euros, mais oito de variáveis, mas ainda sem data conhecida de chegada para o futebolista.


Ausentes estiveram ainda o guarda-redes Vlachodimos, os centrais Jan Vertonghen e Nicolas Otamendi, o médio Adel Taarabt, e os avançados Haris Seferovic e Roman Yaremchuk, que terminaram a época mais tarde, após terem estado ao serviço das respetivas seleções.


No domingo, o plantel `encarnado` prossegue os trabalhos, já com testes físicos, e na segunda-feira está previsto o primeiro treino no Seixal, numa época que arranca com novo treinador, o alemão Roger Schmidt.


 


[ad_2]

Source link

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Topo